Editora
foto_livro_maior

A revolução do altruísmo

Autor(a): Ricard,Matthieu

R$ 95,00


Confrontados com um mundo inquieto e inquietante, onde na maior parte das vezes parece reinar o individualismo e o cinismo, é difícil enxergar a força da benevolência: o poder de transformação positivo que uma atitude genuinamente altruísta pode ter sobre cada um de nós e, por conseguinte, sobre a comunidade
de vida do planeta. 

Contudo, pesquisas científicas realizadas ao longo dos últimos trinta anos no âmbito da psicologia, biologia
evolutiva, economia e neurociência demonstram que todos sentimos, em diferentes graus, amor altruísta ou compaixão por aqueles que sofrem, e um senso de responsabilidade e boa vontade para com nossos semelhantes e os animais. Essas pesquisas também revelam que a cooperação traz vantagens evolutivas, econômicas e psicológicas antes insuspeitas.

"A revolução do altruísmo" é um encontro transdisciplinar, onde o rigor científico e a experiência pessoal do
autor abrem uma nova perspectiva – realista e ao mesmo tempo otimista – sobre a natureza humana.



Autor(a)

Matthieu Ricard nasceu na França, em 1946. Filho do filósofo francês Jean-François Revel e da artista plástica Yahne Le Toumelin, cresceu no centro intelectual e artístico de Paris. Recebeu seu Ph.D em genética celular pelo Instituto Pasteur, sob a orientação de François Jacob, Prêmio Nobel de Medicina. Todavia, há quarenta anos deixou sua prestigiada condição de pesquisador para se mudar para os Himalaias e tornar-se monge budista. É autor de vários best-sellers, entre os quais se destacam O monge e o filósofo – escrito com seu pai e traduzido para mais de 20 idiomas –; A arte de meditar; Felicidade – a prática do bem-estar; A revolução do altruísmo. Além de escritor renomado, é um brilhante orador, aclamado no Fórum Econômico Mundial, em Davos, nos fóruns Gross National Happiness das Nações Unidas e em TED Talks, onde mais de cinco milhões de pessoas assistiram sua palestra sobre felicidade. Tradutor de Sua Santidade o Dalai Lama, participou na última década dos mais importantes congressos destinados ao diálogo entre ciência e espiritualidade, sendo ele próprio objeto de estudos sobre os efeitos da meditação nas estruturas do cérebro. Matthieu Ricard destina todos os proventos obtidos com seus livros e conferências e a maior parte do seu tempo a 140 projetos humanitários na região do Himalaia. Reside no Monastério de Shechen, no Nepal.